domingo, 7 de setembro de 2008

Palavra amiga


O mal que te acomete, é a brisa que dissipa a neblina...

O que para os outros é óbvio, pra você é mera precipitação...Passo torto.
O que te apraz é SER HUMANO, característica dos que confiam, até que se prove o contrário; mesmo assim... Não espera que seja tão logo.
A dificuldade que mina as forças, é a mesma que tem efeito tônico... Fortalece e ensina.
O ignorante, amedronta tão somente, quem com ele compartilha o mesmo estado de espírito... Imbecilidade tem preço.
Ser permissivo, às vezes, tem resultados devastadores... Observação pra contemplar a alma do outro.
Pra evitar o pior, não é preciso se entregar ao ostracismo... Cautela é arte em qualquer situação.
O teu pior inimigo não tá do lado de fora... Olha-te no espelho.
Falar não é assim tão fácil... Pelo menos, pra quem o cérebro é ferramenta útil.
Nem sempre o tamanho da queda corresponde à altura... Razões que agora não nos compete discutir.
Indiscutivelmente... Uma andorinha só não faz verão.
Diante de tudo isso, que graça teria passar pela vida em vão? A oportunidade das experiências são bênçãos disfarçadas. Cordeiros em pele de lobo.
A luz no fim do túnel não é assunto clichê, ela existe realmente pra ser almejada. Antes procurá-la do que se render a escuridão.
Ao sabor do vento nada se define e, automaticamente não se concretiza.

Escrevi esse texto pra uma amiga que passava por uma situação muito difícil. Mas, tô colocando ele à disposição de quem quer que seja. Porque de tudo que vivi, vivo e, ainda vou viver, me compete dividir pra ensinar e aprender.

4 comentários:

Lilás disse...

Ai, que lindo Michelle!
Você escreve muito bem, menina!
E só as pessoas de bom coração e grandeza de alma, compreendem e são despojadas como você.
Parabéns!
bjks cariocas

Lilás disse...

Por favor, coloque o link do seu blog em qualquer comentário lá no meu blog, pois não consigo ver o teu de corpo inteiro, ok.
Thanks!

Michelle Dangeli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sandra su araujo disse...

Diria que nós por sermos mulheres carregamos uma coisa de sentimentos que parece q tem dias que o mundo conspira contra nós, ja me ví em situações que doia tanto q parecia um parto, já sofri por amor e foi justamente quando descobri q amava além da conta, é uma coisa q só nós mulheres conseguimos carregar no peito, as vezes chego a pensar q não é fato de sermos sensiveis e sim uma coisa q nos é plaNtado na alma, sensibilidade â flor mda pele, ou sei lá q nome se dá a isso...mas é uma verdade, quando nos demos conta e valorizamos uma certa pessoa e deixamos isso explicito sempre acontece aquela coisa q vem e desmorona nossos corações, pq será??
Mas eu sei de uma coisa, quando a dor vai embora é a hora de recolher a bagunça q ficou e arrumar a casa e a cara e passar um baton vermelho e colocar o melhor sorriso, pq existe sim luz no fim do tunel, digo isso pq hj eu sei q sou a mais feliz dos seres, ja sei a dor de amar e aprendi a perdoar, eu sei amar e sei amar bonito!!

amiga minha, lembra de nossos papos soltos nas madrugadas da vida!!
então... o melhor da vida é viver e aprender com os erros ou com as surpresas não tão agradáveis q por vezes a vida nos dá de presente, mas sempre com uma certeza, nós nascemos mesmo é pra brilhar!!
tiamo amiga michelle.