quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Coisas de Parauapebas

Do outro lado da rua os avistei. Lá estavam, Sir. O político e seu séquito. Andando em círculos como a grande maioria dos que vivem à mesma margem.
Bom, como precisava ir para casa, atravessei a rua e, passei por eles. Cumprimento-lhe e ele aproveita a deixa:
- E aí Michelle, vai trabalhar comigo na minha campanha?
-Não sei, tenho... (fui bruscamente interrompida)
- Qual o problema? É dinheiro?
-Não, claro que não...(fui interrompida novamente, respirei fundo e contei até dez.)
-Não se preocupe não, agora não tenho, mas, quando ganhar, tem salário fantasma pra todo mundo.
-Putz! é com esse argumento cretino que tu ganha teus aliados? Caraca!!! Tá muito bem servido hein, fi!

9 comentários:

lara disse...

Put'z! Não sei como a gente ainda se impressiona com essas coisas. Acontece toda hora. Mas certo samos nós de ficarmos impressionados.
beijo

Lilás disse...

O Kiko e sua fala: "Gentalha, gentalha!"
Humpf, odeio políticos!
abraço carioca

Anônimo disse...

Eu me irritaria. Sério mesmo.
Nem pego os folhetos que eles mandam entregar na rua. Sou um tanto crítica com política. Mas ainda acredito em alguns [poucos] rs

Beijos, querida. :}

Candy disse...

Por favor, me diz que isso não aconteceu!
¬¬
sem comentários!
por isso que eu fico p. logo!
¬¬

;*

Rafael Cury disse...

Ah, a grande política tupiniquim...

mfc disse...

Onde é que eu já vi este filme?!

Michelle Dangeli disse...

Deve ter sido no telejornal!rs.
É assim que se chamam os programas jornalisticos que passam na tv em Portugal?

Robson disse...

Michelle agora que me toquei...Vc mora em Parauapebas?! nossa que interessante, tenho uma amiga que não vê a mãe desde pequena, e a ultima vez que soube dela foi que estava morando nesse lugar...
Bj
Se tiver condição de ajuda-la a localizar, por favor usa o email do meu blog e a gente mantem contato.
BJ de novo!

Michelle Dangeli disse...

Ok, Robson. Entrarei em contato contigo!